Dourados, MS - 19 de Outubro de 2017

11/08/2017 13h41

Câmara de Dourados debate direito dos idosos durante seminário

Seminário discutiu políticas públicas para os idosos

Foto: Eder Gonçalves

O seminário “Direito dos Idosos: novos olhares” aconteceu durante a manhã desta sexta-feira (11), no Plenário da Câmara de Dourados. O evento, proposto pela vereadora e presidente da Casa, Daniela Hall (PSD), reuniu autoridades para discutir políticas públicas de assistência para os idosos.

 


Daniela Hall abriu a cerimônia ressaltando a importância da participação da Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos dos Idosos no evento e a necessidade e criar políticas públicas para melhor assistir aos idosos. “Atualmente, a sociedade brasileira desestimula a participação desse grupo em diversos processos, tanto sociais, econômicos e culturais. Precisamos mudar isso e esse seminário nos dará o caminho a percorrer”, afirma.

 

Exaltando a importância de ações como esta, a deputada estadual Antonieta Amorim (PMDB) ressaltou a importância do seminário no sentido de atender à demanda da população idosa, já que eles representam cerca de 18 milhões de brasileiros.

 

“Este é um momento de reflexão, de debate, de conversa, de chamar a sociedade para este encontro, para investir, trazer acesso, promover saúde para esta faixa etária. Este debate é uma conquista para a cidade”, complementou a deputada.

 

O deputado federal Geraldo Resende (PSDB) lembrou-se da disposição da vereadora Daniela Hall ao receber a proposta de junto ao público alvo da discussão. “A partir desde evento podemos criar a Frente Parlamentar e, com isso, continuar discutindo isso. Temos que trabalhar para que o idoso tenha uma vida melhor”.

 

Representante da Frente Parlamentar, o deputado estadual Renato Câmara (PMDB) discursou sobre as ações que a comissão tem realizado no Estado, salientando a iniciativa da Câmara em ativar o assunto. “Já fizemos várias propostas e projetos de lei, como a curadoria judicial, que agora está na mão do judiciário. Também fizemos o fundo estadual do idoso, que há 20 anos é uma luta dos conselhos e entidades organizadas”, apontou.

 

Após debate, Daniela Hall assegurou que será criada em Dourados a Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos dos Idosos.

 

“Nós faremos a composição na próxima semana. Essa comissão discutirá, com conselhos e órgãos responsáveis, os problemas que idosos passam no município e as soluções que podem ser empregadas a partir disso”.

 

Palestrantes

 

A coordenadora nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, irmã Terezinha Tortelli, falou sobre “Situação atual do idoso - Direitos, violência e visibilidade”. “Nosso foco é a dignidade da pessoa, não importa quem seja, por isso vamos ao encontro de todos”.

 

Outra palestrante foi a coordenadora do Conselho Nacional do Idoso, Ana Lúcia da Silva, cuja palestra abordou o tema: “Maior longevidade – Como o Poder Público pode se preparar para novo idoso brasileiro”. “O meu desafio hoje é envelhecer. Em países desenvolvidos, eles preparados para envelhecer, mas no Brasil estamos envelhecendo de forma célere, sem que tenhamos políticas públicas estruturais para recebermos esta população”, afirmou.

 

Com o tema “Legislação em defesa do idoso”, a deputada Leandre Dal Ponte falou sobre o trabalho dos políticos em defesa dos idosos e a importância de discuti-la diretamente com eles. “São os idosos os especialistas em envelhecimento, muito mais do que qualquer deputado que estuda, porque são eles que estão vivendo isso na prática”, comentou. 








Leia mais notícias de Cidade

0 Comentários

publicidade