Dourados, MS - 19 de Outubro de 2017

10/10/2017 08h22

Corinthians pode usar 'moedas de troca’ para reforçar o elenco

Estadão

© Foto: Gazeta Esportiva

Enquanto o Corinthians busca se firmar na liderança e garantir o quanto antes o título do Campeonato Brasileiro, a diretoria já começa o planejamento para a próxima temporada e os dirigentes, junto com a comissão técnica, detectaram a necessidade de reforçar cinco setores da equipe para o ano que vem, mas sem dinheiro em caixa, a meta é buscar atletas em fim de contrato ou se reforçar através de troca.

 

 

O clube quer um zagueiro, um lateral-direito, outro esquerdo, um volante, um meia e dois atacantes (um de velocidade e outro de área). A diretoria prioriza jogadores que têm contrato até dezembro apenas, pois assim, chegariam de graça. Neste caso, se enquadra, por exemplo, o atacante Júnior Dutra, que tem conversas adiantadas e pode ser anunciado ao término do Campeonato Brasileiro.

 

Outra possibilidade é utilizar atletas valorizados do elenco, mas que não são usados por Fábio Carille, como Walter, Giovanni Augusto, Kazim e Fellipe Bastos. Nos bastidores, o clube tenta agilizar alguns nomes para a próxima temporada, mas o treinador evita falar do assunto publicamente, para não desestabilizar o elenco.

 

 

Existe ainda a preocupação com a possibilidade de vários titulares deixarem o clube ao final do ano. A maioria deles foi sondado durante a abertura da janela de transferências para a Europa, em julho e agosto, mas a diretoria conseguiu segurá-los com a ideia de que permanecendo, ficariam mais valorizados se fossem campeões brasileiros.

 

De todos os titulares, quem mais causa preocupação em relação a esse assunto é o lateral-esquerdo Guilherme Arana e o atacante Jô. O zagueiro Pablo também pode sair, mais por falta de acordo para ele continuar no clube, já que ele está emprestado até dezembro e o Corinthians não consegue entrar em acordo com seu empresário.








Leia mais notícias de Esportes

0 Comentários

publicidade